quinta-feira, 27 de março de 2008

Depois de tanta
nevoa
uma
a uma
se desvelam
as estrelas

Respiro
o frescor
que me deixa
a cor do ceu

Me reconheço
imagem
passageira

Presa de um ciclo
imortal

Ungaretti

Nenhum comentário: